28 de mar de 2014

Por falar em música

Algo que faça você feliz, que o obrigue a levantar da cadeira e dançar, que você se identifique e o induz a sorrir ou chorar. Algo que o faça fechar os olhos e reviver lembranças ou sonhar com o que virá. Pode até dar-lhe arrepios. Muitas são como poesia.

Por falar em música, muitos que dizem amá-la esquecem que não se trata apenas de harmonia, melodia e ritmo, como é geralmente ensinado. Música engloba muito além disso: a alma, o carisma e outros elementos abstratos. É trabalho árduo misturado com sentimentos. Estes esquecidos tendem a cair no deplorável preconceito musical.

Precisamos discernir preconceito musical de gostar e criticar.

O preconceito musical é desconsiderar a singularidade de cada música, julgando-a pelo artista, banda ou estilo, sem antes conhecer. Discriminar pessoas que ouvem determinado estilo de música também se enquadra no preconceito musical.

Críticas, por sua vez, são inevitáveis em qualquer tipo de trabalho e não devem ser caladas. Entretanto, esta deve ter fundamento e respeito. Sem preconceitos.

Gosto também é outro fator indiscutível, mas este também deve vir depois de conhecer realmente o que se trata. Não gostar de algo, sem conhecer, é também considerado preconceito.

Apesar de algumas pessoas defenderem o oposto, não existe música superior à outra. Existem músicas que você pode gostar mais que outras, mas a opinião da pessoa ao lado pode ser exatamente o contrário da sua. Por quê não admitir as diferenças?

Vamos jogar limpo, todos nós já agimos de forma intolerante a algumas músicas ou gêneros musicais. Mas, nunca é tarde para mudar, abrir a mente e amar MÚSICA pelo simples fato dela trazer felicidade às pessoas. Acredito que no fundo é isso que importa: rever nossos conceitos de forma coerente, de mente aberta e respeitar nossa opinião sem julgamentos antecipados. Tudo mantendo nosso senso crítico, claro!




23 comentários:

  1. Eu confesso que muitas vezes já tive preconceito com gêneros musicais, acho que acontece com todo mundo. Mas parabéns pela iniciativa, acima de qualquer coisa, deve haver respeito, né? Gosto muito daqui. Bjs!

    http://s-almeida.blogspot.com.br/

    xx

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada mesmo, de coração! Fico muito feliz que goste daqui.
      Eu também confesso que já tive, mas como você mesma disse: precisamos aprender a respeitar!

      Parabéns à você, por refletir e chegar nesta conclusão.

      E um singelo apelo ao mundo e à todo tipo de preconceito: MAIS AMOR POR FAVOR!
      hehehe :P

      Beijos

      Excluir
  2. Eu já tive tanto preconceito com certos estilos musicais, mas isso se dava mais ás pessoas que me rodeavam, eu dava tanto ouvidos áquilo que não me permitia sair do meu ciclo musical. Depois mudei, ainda bem! Conforme vou conhecendo as pessoas, também conheço milhares de bandas desconhecidas e eu amo isso! Beijos.
    escrevoporvicio.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que você mudou e amaduraceu. Nós não precisamos mudar quem somos pra agradar as pessoas ao nosso redor, não é verdade? Qualquer tipo de relacionamento só é bom se houver soma.Quando sentir que tem mais subtração que soma, tem alguma coisa errada! Entendeu o que quero dizer, amiga? hahaha :P Leve isso pra sua vida!
      E conhecer bandas novas é sempre bom demais!
      Volte mais por aqui.
      Beijos

      Excluir
  3. Julie fazia um bom tempo que esta procurando um blog sob musica, finalmente achei e já salvei nos favoritos rs. Eu confesso que tenho um pouco de preconceito musical, estou tentando acabar com isso aos poucos e me abrir para novos estilos musical, estou tentando não avaliar a melodia em si, mas primeiro se interprete consegue me transmitir algum sentimento.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Larye é um prazer te receber aqui nesse meu cantinho! Fico feliz que você o salvou em seus favoritos. Eu realmente não tenho encontrado outros blogs sobre música nesse mundo de blogs de moda e beleza. Estou gostando muito do seu, você escreve muito bem e seus textos são ótimos! Foge do padrão.

      Bom, quanto ao preconceito musical, o importante é perceber quando ele acontece e tentar mudar isso. Você tem todo o direito de não gostar de determinada música ou artista, mas o que eu quero dizer é a necessidade de conhecer antes de julgar. E não discriminar quem gosta daquilo que não gostamos. E transmitir sentimento é fundamental sempre em uma música! haha

      Volte mais vezes, adorei sua visita!
      Beijos

      Excluir
  4. Hey, admito que tive e tenho preconceito com muitos gêneros, alguns julgo pelo ritmo, outros pelas letras ... em compensação não há músicas que gosto SÓ pela letra ou SÓ pelo ritmo? Há ... felizmente existem vários tipos de músicas pq meus ouvidos clamam por coisas novas todo dia ... e posso continuar não gostando de algumas coisas, mas também não vou impedir ou brigar com alguém que escute, acho que isso que importa né! Bjinho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É como eu disse, há uma enorme diferença entre gosto x preconceito musical x críticas. Você tem todo o direito de não gostar de algo, e isso é bom! :D
      O fundamental de tudo é RESPEITO, pois querendo ou não o músico que você não gosta está trabalhando, se esforçando pra cativar seu público.

      Espero que você tenha aberto seu coração através das minhas palavras!

      Beijos

      Excluir
  5. Gostei do post. Realmente falta respeito e isso parte de vários os lados, de todas as "tribos".
    Não gosto de muita música por ai e sim, critico. Mas respeito quem curte outra coisa.
    Critico quem ouve música sem fone de ouvido, porque o direito de uma pessoa acaba quando começa o da outra. Só que muita gente não tem essa noção.
    Grande beijo.
    Tamy | http://descoladavida.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gente, ouvir música sem fone de ouvido é um desrespeito E-NOR-ME. Falou tudo: "o direito de uma pessoa acaba quando começa o da outra". Ok, eu respeito quem gosta de determinada música, mas o outro tem que respeitar se eu não gostar! Pois não sou obrigada a gostar de tudo. E você está certa, nosso senso crítico deve estar vivo! Mas sempre sem julgar antecipadamente ;)

      Fico muito feliz que tenha gostado do post! <3

      Beijos

      Excluir
  6. Adorei sua postagem ! Otima . Esses dias fui " julgada " por curtir ACDC , da pra acreditar ?
    Acham que por eu ser tao " menininha" , gostar de saias rodadas e afins , nao posso gostar de rock ! AFF Fiquei muito nervosa e dei uma bela resposta . HAHAHA

    PArabens pelo Blog , de verdade <3

    www.dojeitinhodagi.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gi, muito obrigada fico feliz que gostou! Isso já aconteceu comigo também. Sou do tipo que gosta de mpb à metal, de música erudita à pop e muita gente também julga os meus gostos. Por quê é tão difícil respeitar o gosto dos outros, não é mesmo? Espero sinceramente que oi preconceito musical acabe algum dia. Pelo menos estou fazendo a minha parte! haha

      Também amo ACDC *---*

      Será sempre bem vinda aqui, te espero mais vezes!

      Excluir
  7. Está certíssima! Eu gosto de muita coisa também e muita gente fica dizendo que eu sou ridicula e etc etc etc. Acho essa babaquice de preconceito musical ridícula e cada um gosta do que quiser! Falou tudo mesmo no seu texto! :))))

    Beijos da Tabatha!
    www.naocontapraninguem.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E viva a liberdade de gostar/não gostar de uma música e ser respeitado! Considerando que a opinião sobre qualquer coisa deve vir depois de conhecer, sem julgamentos antecipados! Muito obrigada pela sua passagem novamente por aqui, é sempre um prazer recebê-la!

      Beijos

      Excluir
  8. Olá linda infelizmente as pessoas não respeitam nem sequer o gosto musical da outra,tá tudo muito bagunçado mesmo,cada um que cuide da sua vida e deixe a dos outros,gosto é gosto ninguém pode obrigar ninguém á gostar do que ele gosta,ouvir musica é muito bom pra gente,é um desabafo é uma diversão,tá na hora das pessoas resgatarem o respeito ao próximo
    beijos linda e ate mais

    http://fashionvinteum.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mell, é exatamente isso! As pessoas precisam aprender o valor dessa palavra mágica que é RESPEITO. Música é um remédio pra nossa alma, e cada pessoa tem um organismo diferente não é mesmo? hahaha até que gostei dessa frase!
      Volte mais vezes, querida! É sempre bom ter comentários como o seu.
      Beijos

      Excluir
  9. Muito legal esse post, tenho minhas preferências musicais. Jamais discuto gosto musical, porém acho que deve existir também o respeito pelo gosto e respeito sonoro. Nem sempre a pessoa do lado vai gostar do estilo musical que estou ouvindo no momento então deverei respeitar e não invadir o espaço da mesma. Para isso existem os fones de ouvido onde em lugar público podemos curtir sem barreiras as músicas que tanto gostamos. Acho muito chato pessoas que ouvem musica alto em publico.

    Beijos da Érika !!!
    http://www.sempreconectada.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muito bom que a gente tenha nossas preferências, e você bem ponderou: além de respeito pelo gosto é importante ter respeito sonoro! Acho essa história de ouvir música sem fone o cúmulo do desrespeito. Ninguém deve ser privado de ouvir o que gosta, mas também ninguém deve ser obrigado a ouvir o que não gosta.

      Adoro quando você vem aqui, já estava sentindo sua falta Érika! Você deixa sempre comentários muito interessantes que complementam o que escrevo, por isso sua passagem aqui é sempre especial.

      Excluir
  10. Adorei o que escreveu flor...
    Primeira vez aqui.. e adorei...

    um beijao

    SHerry

    www.coisasdesherry.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Falou tudo mesmo. Eu não gosto de sertanejo, funk, samba e outros punhados de gêneros musicais. Nem por isso vou sair criticando as pessoas por gostarem de tais. E quando a banda é boa, eu até curto. Não dói gente, serião.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É bem por aí, Kim! Que bom que gostou e se identificou com o que escrevi, fico muito feliz :D

      Excluir
  12. Olá, hoje estou passando apenas para dizer que me apropriei de um trecho seu em um novo blog, no qual falo sobre uma nova jornada em busca de uma vida melhor. Espero que não se importe! ;*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Moni! :)
      Que legal, não me importo não! Desde que dê os devidos créditos né hahaha
      Na verdade fico super feliz pois mostra que você gostou mesmo do que eu escrevi ^^
      Beijos

      Excluir

 
COPYRIGHT(c) | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
LAYOUT E PROGRAMAÇÃO DESIGNINGDREAMS | PROGRAMAÇÃO POR DESIGNINGDREAMS.