3 de abr de 2014

Sinestesia musical

Você sabe o que é sinestesia musical?

A palavra sinestesia significa união de sensações. É uma condição cerebral involuntária caracterizada pela combinação de sentidos, sendo diferenciada pela ciência em mais de 50 tipos, e a sinestesia musical é uma delas. Esta, permite que a pessoa associe cores, sensações térmicas e até mesmo aromas às notas musicais.

A sinestesia é um assunto que interessa aos cientistas e várias pesquisas são feitas sobre o assunto. Uma delas, realizada na Universidade de Waterloo no Canadá constatou que, ao comparar a reação cerebral de portadores de sinestesia com não portadores, o primeiro grupo acionava a parte do cérebro responsável pelo reconhecimento de cores quando números eram colocados em sua frente. Por sua vez, os não portadores de sinestesia não tinham esta característica.

É um assunto muito abrangente, porém aqui será abordado a sinestesia referente às notas musicais e cores. Afinal, o tema daqui é MÚSICA.

Para entender um pouco mais é necessário relembrar um pouquinho de física. Antes de torcer o nariz ao ler esta palavra, veja só que interessante:

Sabemos que as ondas eletromagnéticas emitem luz, mas nem todas são visíveis a olho humano. O esquema abaixo mostra o espectro visível relacionado com o comprimento de onda.


As cores variam de acordo com o comprimento de onda e frequência. Veja:



Agora é onde entra a parte curiosa do assunto. Todos sabemos que os sons também emitem ondas, certo? São as ondas sonoras, que também apresentam comprimento e frequência. Não por coincidência, os sinestesistas associam cores às notas, de acordo com o comprimento de onda e frequência.

É fascinante como a música se relaciona diretamente com o corpo humano, física, matemática e várias outras áreas do conhecimento. Se você se interessou sobre a sinestesia, confira uma matéria feita para a revista Isto É, onde o assunto é abordado com mais detalhes. Clique aqui para acessar.

Ouvi Por Aí também é aprender!

Gostou?


12 comentários:

  1. Muito interessante mesmo! Dei um livro pro meu namorado que se chama Alucinações Musicais, do neuro e escritor Oliver Sacks. Eu não li, mas meu namorado ficou fascinado (afina ele é da medicina E músico hahaha). No livro justamente Sacks fala da relação música e corpo humano, as influências dela em nós, tanto psico como fisicamente. Fica a sugestão, pra quem se interessa pelo assunto!

    http://sobrelivroseletras.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aline, adorei saber que gostou! Nossa, eu vou ler COM CERTEZA! Já está anotado aqui na lista de compras do mês, será minha próxima aquisição. Que legal! Eu também já estudei em um curso da área da saúde, Biomedicina, e me interesso bastante pelo corpo humano. Acho que vou amar o livro :D
      Muito obrigada pelo comentário, tenho certeza que muita gente, assim como eu, vai amar a sugestão!

      Beijos

      Excluir
  2. Nossa, que bacana que esse post. A cada dia fico ainda mais fascinada pela música e com a certeza de que é mais do que necessário acrescentar a musicoterapia ao meu projeto "cecilia psicóloga". Realmente interessante, adorei :)
    Minha cor preferida é azul, vou procurar saber mais sobre a relação dela com a música, fiquei curiosa, hahaa.
    Beijo, Julie :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Além de te apoiar a fazer mais vídeos cantando, te apoio também a adicionar a musicoterapia no seu currículo porque vou te falar, é puro amor! haha e sem contar que é um fato o tanto que a música é nossa aliada para nosso psicológico e físico também. Adoro saber que você gosta do que escrevo aqui (principalmente pq esse post deu um trabalho de aprox. 5 dias para pesquisar tooodo o assunto haha).
      Que bom que instiguei sua curiosidade :D hahaha se encontrar algo interessante compartilhe com a gente!
      Beijos

      Excluir
  3. Ju, que post sensacional!
    Eu já tinha lido sobre a sinestesia e antes mesmo já achava engraçado como a gente associa uma cor à números, dias da semana e até meses (por exemplo, eu acho abril um mês extremamente prata hahaha). Saber que existe uma área de estudo sobre isso totalmente voltada pra música é muito legal, pois realmente a música nos traz muitas sensações que vão além da audição (quem nunca sentiu aquela pontadinha de frio escutando Inverno, do Vivaldi?) e traz ainda mais usos para a música. Eu sou uma apaixonada pela dança teatral, então dá pra ter várias ideias sobre esse jogo de cores e sons :D
    Beijões <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico imensamente feliz que tenha gostado assim. Foi um post que precisei pesquisar em vários locais, inclusive em artigos científicos, mas como é um assunto muito interessante fiz achando o máximo também! hahaha Ter um retorno positivo, como este comentário seu, é o que realmente me motiva. Mas é muito legal, né? Ainda acho que tem muito a ser descoberto acerca do assunto sinestesia musical. Dança teatral, que máximo! Depois me conta mais detalhes?

      Excluir
  4. Como sempre me surpreendendo com seus posts.
    Muito mágico todo esse lance de música e cores. Quem ama música fica fascinado com essas coisas, com esse PODER que a música tem sobre nós.
    Tem poder de fazer com que a gente sinta todos os sentimentos possíveis, muda nosso humor, e nos faz vibrar.
    Cara música é música, sem palavras <3
    Adorei o post.
    Beijos Ju.
    Tamy | http://descoladavida.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Tamy! É realmente fascinante o poder da música sobre nós. Tem vez que eu paro pra pensar sobre isso e até me emociono. Muito obrigada por todo o carinho que você tem comigo e com o blog, desde sempre me cativando com suas palavras. Isso é muito importante pra mim.


      Beijos!

      Excluir
  5. Oiii Julie Lindaaa ! :)
    Obrigada mais uma vez pela visitinha no meu blog ♥
    E novamente, fiquei de boca aberta com seu post !!!
    Eu não conhecia nada sobre sinestesia e achei muito interessante, assim como vc disse, como é incrível que a música se relaciona com o corpo humano. Isso é demais, incrível !!
    Estou adorando esse tipo de post, faça mais assim, são muito interessantes e essa já é a segunda coisa que aprendo aqui.
    Mil beijos e um ótimo fim de semana ♥

    www.garotaurbana.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei Paulinha que ótimo te ter de volta, estava sentindo sua falta! :D
      Que isso, não precisa agradecer, eu vou lá porque gosto e com todo prazer! hehe
      Fico muito muito muito feliz em ler isso! Esse tipo de post é complicado de fazer mas o resultado final compensa. Por isso minha alegria de você ter gostado hahaha ^^ Muito obrigada por todo carinho que sempre demonstra comigo e com o blog.

      Beijos!

      Excluir
  6. Isso é simplesmente a ponta iceberg, se levar em consideração as notas que são microtonal, ficaria um imenso arco-íris. Mas quando comecei a aprender música as cores usadas na sinestesia foi diferente rsrsrs. Na verdade não mudou em nada, mas essa informação foi muito boa pois minha base musical não foi uma invenção do meu professor, só não soube passar da forma cientificamente correta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por isso mencionei que o assunto é amplo, esse post foi apenas algo resumido para que todos possam entender! Ficaria lindo esse arco-íris musical, né? hahaha :P Muito legal ver que você entende de música e que você foi/é estudante dessa amável e importante arte.
      Que legal que ele te ensinava música com cores! Minha professora de musicalização da escolinha fazia isso também... Quais cores ele usava para as notas? Fiquei curiosa :P
      Beijos e seja muito bem vinda aqui!

      Excluir

 
COPYRIGHT(c) | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
LAYOUT E PROGRAMAÇÃO DESIGNINGDREAMS | PROGRAMAÇÃO POR DESIGNINGDREAMS.