11 de jun de 2014

Resenha: Salute - Little Mix

Aqui no blog Ouvi Por Aí temos uma categoria de resenhas mensais de CD's, que geralmente ficam na barra lateral do blog e aberto para votação. Aquele com o maior número de votos é o resenhado, mas infelizmente a enquete do mês de junho não funcionou corretamente (os votos não estavam sendo computados). Mesmo com esse problema, considerei o retorno positivo que as resenhas tiveram nesses últimos meses e decidi não abrir mão da categoria. Deixei em aberto neste post para vocês leitores sugerirem o próximo álbum a ser abordado e a única resposta que obtive sobre o assunto foi de Renata Grota do blog Décimo Andar. Ela sugeriu "+" do Ed Sheeran, "Salute" do Little Mix e " The World From The Side Of The Moon" de Phillip Phillips. Rê, seu pedido é uma ordem e vou (tentar) fazer resenha dos três!

Como vocês perceberam através do título desta postagem, o primeiro será Salute da girlband Little Mix que teve visibilidade através do The X Factor de 2011, o qual venceram. Salute é o segundo álbum de estúdio da banda, composta por Perrie, Jade, Jesy e Leigh Anne.

Salute: Já mostra personalidade nos primeiros segundos de música. Adorei o fato dela ter iniciado com uma sirene, já nos prende a atenção. Uma música animada e dançante e representando e trazendo o Girl Power à tona. Esta faixa me trouxe de volta aos anos 90 e me remeteu um pouco ao som de Destiny's Child e Spicy Girls. Olha gente, serei bem sincera: músicas dançantes estão longe de serem minhas favoritas, mas eu sei admitir quando alguma nesse estilo é boa.

Move: Aí estão as quatro integrantes mostrando o grande potencial que têm! Adorei o beat box de Jesy. Foi o primeiro single e no meu ponto de vista foi uma boa escolha visto que representa bastante o estilo da banda e o que elas são como artistas. Confira o clipe desta música clicando aqui.

Little Me: Com uma batida típica de baladinha romântica de girlband as meninas conseguem demonstrar novamente o poder se suas vozes. É perceptível um toque de Destiny's Child/Spicy Girls novamente. A música é boa, bem trabalhada, mas apesar de várias qualidades não sei dizer ainda se gosto ou não dessa faixa. Sabem o que eu disse na resenha do último CD de Avril Lavigne sobre apostar na zona de conforto? Pois é, foi isso que eu senti sobre Little Me.

Nothing Feels Like You: É DISSO QUE EU ESTOU FALANDO!! Mostrar personalidade e sair da zona de conforto. Amei cada aspecto dessa música. Como vocês sabem, eu amo ritmos, percussão e bateria. Logo, essa música me ganhou nos primeiros segundos. Esse tipo de música eu até que gosto. E muito. E essa mistura de estilos musicais? Achei incrível. Até agora a minha música favorita do álbum, seria a música de Little Mix que eu indicaria para ouvir a primeira vez. Preciso dizer que a banda está quebrando os meus tabus e ganhando mais uma admiradora.

Towers: Essa faixa é mais romântica e focou muito mais no potencial vocal das meninas, deu pra sentir direitinho o sentimento de cada uma delas. Pra mim é isso que diferencia um bom artista: a versatilidade e a capacidade de passar emoção. Parabéns Little Mix, excelente faixa!

Competition: Mais uma vez Little Mix fazendo jus ao nome e misturando diversos estilos. Consegui perceber até um pouquinho de jazz (um dos meus estilos musicais favoritos) no meio dessa música! Amei o ritmo da música e a distribuição de versos para cada voz. Uma faixa de muita personalidade e ameaça pegar o posto de minha música favorita do álbum que estava ocupada por Nothing Feels Like You. Muito, muito, muito, muito boa música! Que vozes...Nossa, Rê, muito obrigada MESMO por me pedir pra fazer essa resenha pois estou a cada música mais apaixonada com a banda! E olha que como eu disse anteriormente... Bandas e músicas dançantes geralmente não fazem a minha cabeça.

These Four Walls: Acompanhadas de piano e uma orquestra as meninas mostram o quão doces podem ser. Esta é uma faixa mais tranquila e necessária depois de uma música tão intensa quanto a anterior. Eu sei que em todas as músicas eu comento sobre o potencial vocal das integrantes, mas é algo difícil de não comentar.

About The Boy: Perrie, me explica esses seus agudos? Que coisa maravilhosa. Novamente é perceptível as influencias das girlbands de 90 da banda mas dessa vez mostrando um pouco da personalidade que não senti na terceira faixa. Também está na zona de conforto mas dessa vez eu gostei. O refrão é bem chiclete o que talvez me faça desgostar da música em pouco tempo, mas isso é bem comum em músicas pop, né?

Boy: Adoro quando há um bom e velho a capella numa música e é assim que esta faixa começa. Amo como elas são harmônicas entre si! Depois começa aquela batidinha bem típica, mas elas continuam arrasando nos vocais. Do meio pro final, Jesy aparece de novo com seu beat box para dar um charme a mais.

Good Enough: A música começa no mesmo estilo de These Four Walls e eu achei interessante a disposição de faixas. Depois de músicas fortes vem uma dessas mais calminhas e que não deixam de lado o talento de cada uma. Vale ressaltar que os instrumentos são lindos! A parte tensa da música é facilmente perceptível. É uma faixa realmente bonita e sentimental.

Mr Loveboy: Aqui temos um pouco de Hip Hop com a participação de um vocal masculino, o que diferencia a música das demais. É uma música que não está entre as minhas favoritas. Algo nela a deixou bem cansativa aos meus ouvidos. A primeira que os vocais não foram tão bem explorados ao meu ponto de vista, mas entendo que isso seja necessário.

A Different Beat: A pessoa que não gosta de dança no momento está dançando pelo quarto. Como disse anteriormente a banda está quebrando meus tabus! ÓTIMO ritmo, ótima distribuição e exploração vocal de cada uma, mais uma vez. Na versão mais simples do álbum, termina por aqui. Na versão Deluxe (mais completa) o CD ainda conta com as faixas See Me Now, They Just Dont Know You, Stand Down e Little Me (Unplugged).

Bom, gente é isso o que eu tenho a falar sobre esse CD incrível! Caso queira conferir cada faixa do CD aqui está ele completo na versão Deluxe:



Espero que tenham gostado e desculpem pelo tamanho do post, mas trata-se de um álbum bem recheado, que eu gostei bastante e não foi pedido somente pela Renata. Outras pessoas o sugeriram em diversas outras oportunidades.

8 comentários:

  1. Não conhecia a banda, aliás, sou muito alheia a esses programas de talento musicais e tudo mais. Tipo, são ótimos de assistir, mas eu só assisto tv para ver law and order ou friends haha Só as vezes que me pego assistindo programas assim.
    Sobre a banda, realmente, não é o estilo de música que eu ouço em casa - ps que tava ouvindo beatles e parei para ver o seu post, então se considere com credibilidade para com a minha pessoa - mas é uma ótima música para dançar nas boates da vida! haahahah
    Mas super fiquei curiosa com seu entusiasmo com a Nothing Feels Like You e fui procurar ela especificamente e realmente, ela é ÓÓÓÓTIMA. Já anotei para pedir pro DJ hahaahahhahah

    Um beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você por aqui *----* haha
      E VOCÊ CURTE FRIENDS E BEATLES, é muito pro meu coração ♥ ♥ ♥ SHHAHDASHDHHASIHUAHAUA
      Minha banda e seriado favoritos, tenho o direito de dar 1 leve surtada (principalmente quando alguém para de ouvir os ingleses para ler meu post, é muita honra pra pouca eu). Enfim, como eu disse, quebrei alguns tabus ao fazer essa resenha pois também não é o estilo musical que mais faz a minha cabeça. Fico muito feliz que você procurou ouvir Nothing Feels Like You através do que escrevi sobre, e ainda, adorei saber que gostou! São comentários assim que fazem meu trabalho valer à pena. Muito obrigada!
      hahaha :P

      Beijoooos

      Excluir
  2. Demorei mas cheguei! hahahahahaha Quis ouvir o cd de novo antes de comentar porque você fala tão especificamente sobre cada música (o que eu adoro, btw) que nada mais justo que eu relembrar todas as músicas! '-'
    Primeiro, brigadinha por seguir minha sugestão. Eu gosto muito dessa banda, muito mesmo. Apesar de eu adorar reality shows, em geral não gosto de bandas que saem deles. Mas elas são uma das exceções para mim, elas são realmente muito boas! Quando se fala de girl power todo mundo pensa na Beyoncé, mas eu acho que elas são um simbolo disso tb.
    Você falou disso na resenha e é verdade: elas são muito versáteis, elas sempre acabam surpreendendo quando a gente menos espera. E mesmo quando elas fazem o óbvio, elas não são maçantes. :)
    Eu gosto de músicas dançantes, sou o contrário de você nesse caso...rs Acho que por isso gosto tanto desse cd. Apesar de eu gostar muito de Towers, mesmo sendo mais romanticazinha! :) Mas tenho que concordar contigo Competition é uma das melhores do cd todo, se não a melhor! ^^
    Adorei a resenha e que bom que você gostou da sugestão! *_* Espero que você goste das outras também! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. EBAAAAAA \o/ haha
      Que bom que você gosta, dá um trabalhinho a mais mas não posso reclamar... Foi super prazeroso! hehe :P Então, elas são realmente muito boas e eu fiquei muito feliz pela sugestão, pois através dela pude conhecer melhor a banda para tentar falar com certa propriedade. E sim, elas estão se tornando um belo simbolo de girlpower <3 E a versatilidade delas foi realmente algo que me encantou. Elas passam de um R&B para um Jazz, e depois de uma baladinha romântica para um Hip Hop ou um pop bem dançante *---* ISSO É REALMENTE INCRÍVEL. Não são muitas bandas que conseguem transitar tão bem entre tantos estilos diferentes entre si. Fico muito feliz que você gostou pois você foi o motivo de eu ter feito essa resenha em especial <3
      Muito obrigada por me acompanhar e enriquecer o meu trabalho com as suas sugestões!
      Beijos!

      Excluir
  3. Gosto tanto de vir aqui, porque SEMPRE conheço algo novo. E se tratando de música, quanto mais, melhor <3
    Achei a música delas bem dançante, não faz muito o tipo de que eu ouço sempre. Mas curto essa vibe com batidas que vibram o coração, HAHAHA (não sei explicar)
    Big beijos, Tamy!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom, querida! E eu amo quando você vem aqui <3 Digo o mesmo que você, música dançante não faz muito o meu tipo mas ao mesmo tempo adoro essa vibe ~com batidas que vibram o coração~ hahaha. Vc entende e compartilha das minhas esquisitices uhuuuuul! kkkk
      Beijos! ♥

      Excluir
  4. Sou tão fã delas que ia cantando a música mentalmente enquanto lia seus comentários HAHAHA
    Esse é um dos melhores álbuns delas, na minha opinião. Acho que perde só para o mais recente (Glory Days) que acabou se tornando meu favoritinho hehe
    Diferente de você, boy e little me são as minhas favoritas desse cd. Na verdade, acho que elas estão dentre as minhas favoritas da banda. Little me é uma que eu sempre choro quando ouço (e dê uma olhada na versão unplugged quando puder, é de arrepiar).

    Fico feliz que você tenha gostado das minhas filhas HAHAHA beijão!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HUAHAUIHAUIHAIUA ♥♥♥
      Glory Days é muito bom, também amei! E eu amo Boy! Vou procurar essa versão sim muito obrigada pela dica!!
      Eu que fico muito muito muito feliz pelo comentário!
      Volte mais vezes, tá?
      Beijos

      Excluir

 
COPYRIGHT(c) | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
LAYOUT E PROGRAMAÇÃO DESIGNINGDREAMS | PROGRAMAÇÃO POR DESIGNINGDREAMS.