31 de jan de 2018

RESENHA: Clipe "Fake Happy - Paramore"

O álbum After Laughter do Paramore trouxe a tona algo que realmente é importante: o estranho fato da gente sufocar os sentimentos ruins para aparentarmos que está tudo bem, quando na realidade não está. O problema disso é o efeito bola de neve que vai se formando aos poucos.

Todos querem transparecer que está tudo bem, que não existem brigas com as pessoas que amamos, que a vida é um feed organizado no instagram. Se você tem algum problema, é fácil, basta pensar positivo e esconder isso embaixo do pano, que tá tudo resolvido. Basta seguir a vida sempre com um sorriso no rosto e tirar uma foto praticando yoga na praia para postar na internet, simples assim. Chega a ser até poético!

Este último album do Paramore veio para nos lembrar que  sufocar sentimentos negativos e fingir que somos um poço de positividade pode comprometer muito nossa saúde mental, afinal somos seres humanos extremamente duais. Na verdade, o ideal é tentar entender a origem do negativo, trabalhar naquilo até finalmente transformá-lo em positivo. Mas é importante lembrar que este processo não é tão simples assim, uma vez que a mente humana é muito mais complexa do que imaginamos.

Acho que a música Fake Happy poderia muito bem resumir esta ideia principal do álbum, tanto com a letra quanto com o clipe em si.

 Acho importante a gente relacionar isso com nosso contexto histórico social atual: estamos numa era digital e devido a ascensão da internet e de redes sociais, nós queremos mostrar para todos como temos vidas perfeitas e acabamos criando padrões de felicidade.

É importante começar dizendo que o clipe foi dirigido pelo baterista Zac Farro.

O início dessa música é um canto abafado, que eu interpreto como uma conversa da Hayley com ela mesma.

Durante esta parte do clipe, a Hayley aparece com um olhar distante e uma expressão um pouco confusa, julgo que devido a tentativa de parecer feliz quando na verdade não está.

Ou seja, a partir daí podemos perceber que o que foi apresentado visualmente corresponde à letra.

É importante reparar maquiagem inicial da Hayley. Ela aparenta não estar usando nada nos olhos: não tem aquelas cores vibrantes de sombra que normalmente ela usa em shows e nem mesmo consegui perceber a presença de rímel. O que realmente destaca nessa maquiagem, pelo menos até então, é o batom marrom. Vamos falar sobre esta cor? O marrom é usado em design de interiores para trazer conforto para o local e além disso remete à natureza. O que isso tem a ver? Esconder sentimentos pode ser uma forma de defesa e muitas vezes criamos uma capa de que está tudo bem por pura zona de conforto ao invés de tentar entender o que nos aflige. Mas, ao mesmo tempo, ter momentos e sentimentos ruins é algo da natureza humana e que deve ser compreendido ao invés de escondido para que haja uma melhora real.

Depois desta parte introdutória, começa uma batida bem alegre, mas a letra continua seguindo a mesma temática.

Vemos então a Hayley andando pelas ruas de Nova York com um macacão metálico nas cores verde, azul e prata. Bem festivo mesmo. Podemos perceber também que os rostos de todas as pessoas ao redor são cobertos por emojis felizes, porém, de cabeça para baixo. A partir daí, quase não podemos ver o rosto da Hayley e ela vai ficando cada vez mais saltitante.

Na parte final do videoclipe, quando Hayley está na Times Square, finalmente a câmera mostra o rosto dela. Ela aparece sorrindo, porém com lágrimas maquiadas em seu rosto dos olhos ao queixo, claramente, não tão feliz quanto aparentava enquanto dançava por Nova York. Para finalizar, Hayley se rende e utiliza a mascara de emoji feliz usada por todas as outras pessoas ao redor.

A reflexão desse clipe é: por que fazemos isso? Por que, assim como a personagem da Hayley nesse clipe nós nos rendemos em fingir que está tudo bem ao invés de tentar enfrentar? A única resposta que eu vejo é que trata-se de uma saída mais fácil para lidar com nossos problemas, mas obviamente, não é a mais adequada.

29 comentários:

  1. Eu gosto muito da banda. Ouvia muito no.início.

    ResponderExcluir
  2. A Banda Paramore arrassa né? achei muito legal a proposta do novo álbum da banda. Quem nunca fingiu está bem, para não deixar os outros tristes não é mesmo?
    Beijos!
    Encantos da Sil

    ResponderExcluir
  3. É um tema interessante, bem atual. Nas redes sociais todo mundo é feliz, quando sabemos que não é bem assim. Realmente é uma "fake happy". Boa sacada do Paramore.

    ResponderExcluir
  4. Oieeee. sem duvidas não é a melhor opção fugir dos problemas, mas confesso que as vezes faço isso pra dar um ar pra mente kkkk depois volto ao mesmo problema com mais calma na alma e tento resolver.

    ResponderExcluir
  5. Oi!
    Na sua grande maioria, as pessoas mais felizes são as que mais precisam de ajuda, aquelas que mais sofrem. Nem sempre é fácil lidar com os problemas (externos e internos), maquiar a nossa felicidade, sempre será o jeito mais fácil, mas como você mesma disse: 'será que é certo?'

    ps: fazia muitos anos (exagero talvez) que eu não ouvia essa banda, deu até uma nostalgia HAHA

    Beijos de Luz,
    Marinah | Meu Doce Apartamento - Crochê, Mesa Posta, Caseirices e muito amor!

    ResponderExcluir
  6. não faz meu estilo de musica mas ja vi o clip e achei a abordagem fantastica.Video suoer expressivo. Parabens pelo post com varios detalhes.Algumas coisas eu nem tinha reparado hihihih. Beijos e sucesso

    ResponderExcluir
  7. eu adoro paramore essa musica estou viciada é a primeira vez que vi a resenha de um clipe e musica.

    ResponderExcluir
  8. Nossa, eu adorei a temática. Isso é o que mais contece hoje em dia, as pessoas nao sabem ouvir e ajudar em relação ao problema dos outros, e vamos escondendo o que sentimento, até o momento que explodimos.

    ResponderExcluir
  9. Eu não conheço as músicas da banda Paramore mas o tema do albúm deles é muito pertinente. Realmente se nos leva a refletir sobre quem somos, vale a pena ouvir.
    Bjnhs

    ResponderExcluir
  10. Ual quanto tempo não ouvia PARAMORE, amei a musica e intenção a mensagem a ser passada <3
    o seu post tbm ficou ótimo parabéns
    BEIJOS

    ResponderExcluir
  11. Hey,

    Confesso que eu nunca fui fã da banda, mas essa resenha me fez ver que a abordagem é muito interassante e mais que interessante, é necessária! Lidar com problema é algo complicado e essa fixação em ter uma vida perfeita e esconder os problemas tem reduzido muita as pessoas a mera faixada, vivendo uma vida que não condiz com a verdadeira realidade, a verdade é que as vezes é mais fácil fugir e tampar o sol com a peneira!

    Adorei seu texto e a sua resenha.

    Um beijo <3

    ResponderExcluir
  12. Oi.
    Ainda não tinha visto esse clipe.
    Achei tão real. Já fiz isso de colocar minha mascará de feliz por muitos anos.
    Hoje aprendi que não há nada de errado se sentir mal.
    Ótima reflexão.
    Beijo

    ResponderExcluir
  13. Faz um tempão que não escutava Paramore, o álbum foi lançado recentemente?
    Os olhos dela me passaram uma tristeza tão grande...A letra é bem reflexiva...
    Ultimamente, está um tanto dificil de lidar com a realidade x midias sociais x sentimentos
    Não acho necessário compartilhar nossas vidas a todos que nos cercam (online ou offline), mas algo que a gente sabe mas poucos admitem: a tristeza afasta as pessoas.

    Quantos se afastam daquele colega ou amigo que está triste, que rolam a página da web quando veem algo triste, ou quando estão em uma conversa e o tópico surge...logo querem mudar de assunto. Daí vem o esforço de muitos: tentar sorrir, mostrar coisas boas em tempos ruins para sobreviver em meio a tudo isso.
    Não me canso de falar sobre a empatia, e a falta que ela faz hoje em dia. Todos querem ser ouvidos, mas ninguem quer escutar.

    ResponderExcluir
  14. Eu já escutei muito essa banda na minha juventude, era febre. Mas faz tanto tempo que não escuto, amei muito a musica

    ResponderExcluir
  15. O videoclip está muito expressivo, nota-se muito bem o que ela sente e a sua dor por ter que parecer feliz... Muito boa resenha, gostámos!

    me-myself-and-her.blogs.sapo.pt

    ResponderExcluir
  16. Além da banda ser muito boa a letra é muito interessante e nos faz pensar. A sociedade está ficando cada vez mais superficial, ninguém mais é na sua essência, todo mundo tem que aparentar alguma coisa. E como eu aprendi com a psicóloga Flavia Melissa, nenhum sentimento é bom ou ruim, sentimentos são sentimentos e todos eles precisam ser sentidos para estar em equilíbrio porque até ser feliz o tempo todo faz mal. Eu entendi por isso não nego mais meus sentimentos, precisamos aceitar, ouvir e fluir com eles para que eles se transformem.

    ResponderExcluir
  17. Adoro ouvi algumas musicas da paramore muitas delas me identifico bastante, essa musica que citou no artigo é uma delas, pois em toda a minha vida procurei demonstrar a falsa felicidade em alguns momentos em que o sentimento não era verdadeiro.
    Adorei o post, um ótimo final de semana
    Beijos
    Bella Página

    ResponderExcluir
  18. Uau este post está muito bom, com muitos detalhes parabéns. Já não ouço Paramore há muitos anos mas era uma banda que mexia muito comigo, as letras sempre se aplicavam a várias situações.

    ResponderExcluir
  19. Excelente temática para gerar músicas para sensibilização. É um problema grave da nossa geração que só provoca problemas de estima para as pessoas que apreciam esses estilos de vida, falsos. Principalmente, agora com as redes sociais, oculta-se imensa coisa e isso afeta mais pessoas do que conseguimos imaginar. Eu tento desintoxicar-me disso agora. Gostei imenso do percurso do videoclipe e da própria música. Um excelente tema para uma reflexão, parabéns pelo texto!

    ResponderExcluir
  20. Quantas ideias interessantes,já ouvi essa banda quando era mais nova,mas sou dessas que não presta muito atenção na letra sabe ? ,Achei tudo muito real ,ainda mais para mim que passo bastante tempo na internet

    ResponderExcluir
  21. Oi,eu ainda não escutei essa banda acredita,mais gostei muito da musica,tá show esse vídeo clip vou passar a ouvir beijinhos.

    ResponderExcluir
  22. Nunca tinha visto falar dessa banda mais parece que ela e muito boa. Vou dar uma olhada nesse álbum.

    ResponderExcluir
  23. Uau ! Gosto muito de Paramore mas ainda não tinha visto essa.
    Isso é tão verdadeiro, e um assunto que precisamos falar sobre.
    Vou procurar o clipe.

    ResponderExcluir
  24. Gostava e ouvia muito Paramore, hoje nem ouço tanto.
    Mas adorei a letra, com certeza irei ouvir mais vezes.


    Beijos de luz, Carina Oliveira.

    ResponderExcluir
  25. Nunca ouvi Paramore mas depois desse post deu até vontade ouvir ! Amei o post!!!

    ResponderExcluir
  26. Eu amo a música Hard Times do mesmo álbum citado aqui. Eu não havia escutado a música, mas essa letra me chamou muita atenção. Vou escutar no Spotify direto depois de hoje.

    ResponderExcluir
  27. Nossa, quando tempo que não ouço Paramore. Ainda não tinha ouvido Fake Happy e adorei. O vídeo clipe retrata perfeitamente essa era digital que estamos vivendo e o quanto nos esforçamos para sempre mostrar o lado feliz nas redes sociais.

    ResponderExcluir
  28. Amo paramore, n sabia que eles tinham lançado um álbum novo. Já vou procurar. Também amei seu pot ficou tao completo.

    ResponderExcluir
  29. Não conhecia o álbum novo, mas o tema é super interessante!! Por algum tempo me importei em transparecer sempre ser forte e demonstrar que está tudo bem, porém hoje em dia sou adepta da arte de ligaria foda-se 😃

    ResponderExcluir

 
COPYRIGHT(c) | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
LAYOUT E PROGRAMAÇÃO DESIGNINGDREAMS | PROGRAMAÇÃO POR DESIGNINGDREAMS.